quinta-feira, 26 de junho de 2008

QUEM É QUE PAGA?

Venha mais um craque para o Braga
A Câmara é que paga, a Câmara é que paga
Venha mais um craque para o Braga.

Faça-se novo estádio para o Braga,
O povo é que paga, o povo é que paga
Faça-se novo estádio para o Braga.

Queremos pavilhão para o Braga
O Estado é que paga, o Estado é que paga
Queremos pavilhão para o Braga.

Haja centro do estágio para o Braga,
A Câmara é que paga, a Câmara é que paga
Haja centro de estágio para o Braga.

Fora mais um treinador do Braga,
O povo é que paga, o povo é que paga
Fora mais um treinador do Braga.

Queremos um grande “cá” em Braga,
O Estado é que paga, o Estado é que paga
Queremos um grande “cá” em Braga.
(Gosto muito do Minho - sobretudo do Gerês. Tenho ali amigos, incluindo até consócios azuis. Até há pouco, o Sp. Braga, clube que o Belenenses ajudou em alturas complicadas da vida desse clube, estava para mim entre a indiferença e uma distante simpatia. Respeito os adeptos honestos e decentes desse, como de outros clubes. Mas este novo boavista - como são idênticas as frases!... -, com muito menos mérito e resultados, diga-se, tem também adeptos de uma insolência alarve, que, essa sim, ora chateia, ora faz rir).
J.