domingo, 26 de setembro de 2010

Belenenses, 1 - Arouca, 0. Masoquismo

Sofrer desnecessariamente, quase por masoquismo, é o que se pode dizer deste jogo.


Com efeito, na 1ª parte, depois de uns minutos incaracterísticos, o Belenenses criou e desperdiçou oportunidades mais que suficientes para vencer e ficar tranquilo. Mas ficou-se por um magro 1-0.

A 2ª parte foi pior e acabámos por sofrer (depois de Purovic falhar mais algumas oportunidades incríveis). Teneu-se até o pior com a lesão de Semmler mas o jovem Adolfo Leite foi impecável na baliza.

Note-se que a falta que provoca a lesão passou impune. A arbitragem da equipa de Rui Silva foi vergonhosa. Este patife já nos lixou uma vez bem lixados, numa roubalheira incrível com o Marítimo, de que beneficiou o clube madeirense, Braga, Sporting e Benfica. O tal que ria na cervejaria - rima e era verdade.

Agora, é preciso um grande apoio em Fátima!

Notas dos Jogadores:
Semmler - 2
Barge - 2,5
Baggio - 2,5
Célio - 3
Tiago Gomes - 1,5 (além do mais, muito desapoiado)
Balú - 3
Miguel Rosa - 3
Celestino - 3,5 (esclarecido e, surpresa, agressivo)
Calé - 3,5 (passe de mestre para o golo, uma bola às trave, bons apontamentos)
Purovic - 1,5
Elton Souza - 3,5 (excelente jogador!)

Adolfo Leite - 3
André Almeida - 1,5
Diego Lima -1
Registo positivo para a Fúria Azul, excepto no início de ambas as partes.
P.S. - O grande Vicente merecia mais de alguns adeptos, que brilham pela sua ignorância e desrespeito. Não se pode confundir rebeldia com estupidez.