domingo, 31 de outubro de 2010

PRIMEIRAS PALAVRAS DE JOSÉ MOTA

Retirado do site oficial: ( http://www.osbelenenses.pt )

"Apesar do momento delicado que o clube atravessa, temos que ter ambição e entrar em todos os campos para ganhar", a afirmação feita ao site oficial do Belenenses pertence a José Mota, de 46 anos, o novo treinador do Belenenses. O acordo só ficou consumado esta noite e não antes, como alguns órgãos de Comunicação Social noticiaram.

A primeira questão que colocámos a José Mota foi a de qual o significado para si de treinar um dos maiores clubes portugueses. A resposta foi quase imediata, tendo referindo que "pelo seu prestígio e história, qualquer treinador gostaria de treinar o Belenenses, a mim foi-me dada essa possibilidade agora e aqui estou para dar o meu melhor por este grande". José Mota salientou, igualmente, que este clube "tem características próprias pela sua dimensão".

"O que sócios e adeptos do Belenenses podem esperar de mim é dedicação e ambição". Sem se deter, acrescentou: "Dedicação porque é essa a minha forma de trabalhar, estar no Restelo de corpo e alma. Ambição porque apesar do momento delicado que o clube atravessa temos que ter ambição e entrar em todos os campos para ganhar. A história do Belenenses foi construída com base nas vitórias e eu, com a ajuda e apoio de todos, jogadores, SAD, sócios e adeptos prometo que tudo farei para que a equipa tenha sempre um forte desejo e ambição de vencer".

Finalmente, pediu a todos os que gostam do Belenenses, e em especial à sua massa associativa, que faça um esforço e que esteja presente, pois, em sua opinião, "sem dedicação, o apoio a esta causa não resultará".

"Tenham confiança e sejam o décimo segundo jogador em todos os estádios onde jogarmos", concluiu o novo treinador do Belenenses.

Na sua carreira, José Mota já orientou as formações do Paços de Ferreira (onde esteve por duas vezes, num total de nove temporadas), Leixões (duas épocas) e Santa Clara (uma). A cerimónia de apresentação deverá decorrer nos primeiros dias da próxima semana, na sala de Imprensa do Estádio do Restelo.

Depois de já ter sido aventado como hipótese anteriormente como opção para orientar a nossa equipa de futebol, desta vez o casamento consumou-se. Sabemos que se trata de um técnico com vasta experiência de I Liga e de Liga de Honra e provas dadas nos clubes que já representou.