terça-feira, 31 de maio de 2011

A ESTABILIDADE

Alcançámos a estabilidade competitiva.
Pela primeira vez na vida estivemos num escalão secundário sem lutar para subir. O Futsal pela primeira vez em quatro anos não esteve numa final. O Andebol não ficou na série dos primeiros nem conseguiu lugar europeu (também não iria a tais provas). O Rugby não conquistou nada (será nos Seven?).
Nisto, não acusamos ninguém (em especial), passado, presente ou futuro. E o futuro será sempre pior.
Consolidando essa estabilidade, e com o conformismo de todos, já está claro que na próxima época lutaremos pela manutenção: no Futebol (na Liga de Honra) e também no Andebol e no Futsal (se houver).
Estabilidade rima com mediocridade.
Dá mesmo "gosto"...

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Notas dos Jogadores: Classificação Final

Eis a soma das classificações que temos vindo a atribuir aos jogadores, concluídos que estão todos os 35 jogos oficiais:

1º Miguel Rosa – 81
2º Celestino – 79
3º Semmler – 73
4º Tiago Gomes – 68,5
5º Calé – 65
6º Baggio – 63
7º Fredy – 55,5
8º Barge – 55
9º André Almeida – 51,5
10º Abel Camará – 47
11º Célio – 45
12º Victor Silva – 35,5
13º Pelé – 34
14º Luís Alberto - 32,5
15º Sidnei – 29.5
16º Elton Souza – 28
17º Balu – 26,5
18º Luís Carlos – 26
19º Rui Varela – 21
20º Duarte Machado – 20
21º Diego Lima – 18
22º André Pires – 13
22º Purovic – 12
24º Devic – 10,5
25º Riça – 10
26º Nené – 9
27º André Martins – 6
28ºs Adolfo Leite e Fábio Marques – 4,5
30ºs Rodrigo arroz e Tiago Almeida – 4
32ºs Cherrad e Gabriel Gómez – 1
34º Dani – 0,5


domingo, 29 de maio de 2011

ACABOU COMO COMEÇOU

A época acabou como começou: sem pressão e com derrotas justas, como foi a do Estoril hoje.


Ao contrário de uma das muitas teorias idiotas made in Restelo, o problema nunca foi a pressão o problema mas sim a falta dela. Foi sob pressão que conseguimos os únicos resultados dignos de mota. Sem pressão, foi sempre um lixo. (E nem se diga que houve falta de apoio, porque a Fúria esteve muito bem na 1ª parte)

Mas num clube onde importa são os "Zés", o "Tico-Tico", o Jaquim
e os "Tonis" (nomes fictícios, ao acaso), mesmo que nos caguem e mijem em cima, e não o Belenenses eterno (que o Belenenses actual está morto) tudo é sempre visto ao contrário.

E acabou como começou para mim: a querer desligar-me. A deixar de sofrer. Mas desta vez com sucesso. E nesse aspecto, abençoo estes últimos 8 dias. Consegui estar frio.

Comovi-me, é certo, com a homenagem a José António (justa e devida, mesmo não integrando o leque restrito dos meus grandes heróis azuis); mas comovi-me com distância e sem nenhuma ilusão.

"Não te rales e não te entales, que quanto mais gostares do Belenenses" pior hás-de passar. Às vezes é bom ver claramente que, afinal, o burro sou (era) eu.

J.

sábado, 28 de maio de 2011

OUTRA VEZ QUASE....

O Belenenses perdeu hoje em Tavira por 25-26 com o Madeira SAD, nas meias-finais da Taça de Portugal.


Frente a um adversário que é vice-campeão nacional, pela 2ª vez consecutiva, o Belenenses bateu-se de igual para igual (embora o nosso orçamento seja muito inferior); mas nos últimos 1m10s jogámos sem menos dois jogadores, ou seja, cinco contra sete, e não deu para mais. Não vimos o jogo, não vamos dizer que fomos prejudicados; porém, fica a interrogação. No total do jogo, sofremos 7 exclusões contra 3, e fomos punidos com 4 livres de 7 metros contra apenas um a nosso favor.

A verdade é que uma recuperação empolgante de 16-20 para 22-22, e depois empates a 23, 24 e 25, chegou a dar uma grande esperança.

Mas... ficámos no quase.

Não há nada a criticar a este grupo: pelo contrário, só temos motivos para o elogiar. Obrigado pela dignidade com que honraram a nossa camisola!



Só que infelizmente não podemos dizer que para o ano será melhor, porque não acreditamos nisso.. E não nos referimos ao Andebol mas a tudo em geral. Caminhamos para a tal "morte competitiva".



REVISTA DO BELENENSES


sexta-feira, 27 de maio de 2011

Equipa para Domingo

Adolfo Leite;

Duarte Machado, Victor Silva, Célio e André Pires;

Diego Lima, Celestino e Sidney

Luís Carlos, Rui Varela e Elton souza.


Para olhar já para a próxima época...

FINAL FOUR DA TAÇA DE PORTUGAL EM ANDEBOL

SÁBADO, EM TAVIRA, ÀS 17 H, BELENENSES - MADEIRA SAD

Se ganharmos, estaremos na final, no dia seguinte, no mesmo local, com o vencedor do F.C.Porto - Benfica


FORÇA, BELÉM!


quinta-feira, 26 de maio de 2011

DOMINGO



CAMPEÕES



quarta-feira, 25 de maio de 2011

À BEIRA

Infelizmente,

estamos à beira da morte competitiva.

Depois, bem podem falar em salvações, que só restará um corpo - inútil.

terça-feira, 24 de maio de 2011

PRÓXIMO FIM-DE-SEMANA

Sábado, às 17h, em Tavira

BELENENSES - MADEIRA SAD

1/2 Final da Taça de Portugal de Andebol

(A final é no Domingo)


Domingo, às 16h

BELENENSES -ESTORIL

última jornada da Liga Orangina

segunda-feira, 23 de maio de 2011

DUAS NOTÍCIAS...

...Uma boa, outra má.

Começo pela má: desiludi-me de tudo no Belenenses.

Mas há a boa: agora, no Belenenses, já não me posso desiludir de nada.


domingo, 22 de maio de 2011

Notas dos Jogadores: Classificação

Eis a soma das classificações que temos vindo a atribuir aos jogadores, volvidos que são 34 jogos oficiais:

1º Miguel Rosa – 78,5
2º Celestino – 76
3º Semmler – 71
4º Tiago Gomes – 65,5
5º Calé – 63,5
6º Baggio – 62
7º Fredy – 55,5
8º Barge – 55
9º André Almeida – 51,5
10º Abel Camará – 47
11º Célio – 45
12º Victor Silva – 35
13º Pelé – 34
14º Luís Alberto - 31
15º Sidnei – 27.5
16º Elton Souza – 27
17º Balu – 26,5
18º Luís Carlos – 25
19º Rui Varela – 20,5
20º Diego Lima – 18
21º Duarte Machado – 17
22º Purovic – 12
23º André Pires – 11
24º Devic – 10,5
25º Riça – 10
26º Nené – 9
27º André Martins – 6
28ºs Adolfo Leite e Fábio Marques – 4,5
30ºs Rodrigo arroz e Tiago Almeida – 4
32ºs Cherrad e Gabriel Gómez – 1
34º Dani – 0,5


sábado, 21 de maio de 2011

A TRANQUILIDADE POSSÍVEL

Ao vencer hoje o Varzim, em casa deste, por 2-1, o Belenenses confirmou (bastava um ponto) a tranquilidade já praticamente assegurada a semana passada.

No entanto, os poveiros até saíram a vencer para o intervalo, dado que uns minutos antes tinham feito o 1-0, num livre directo de excelente execução.

No segundo tempo, o Belenenses chegou rapidamente ao empate e, aos 74m, estabeleceu a vantagem final. Esperemos agora um bom termo na última jornada, que até poderá levar a um 8º lugar menos melancólico.

OBRIGADO

Haja o que houver, nunca vos esquecerei, nunca deixarei de vos ficar grato por estes 3/4 anos, o último dos quais de imenso sofrimento...

...Sofrimento em grande medida provocado pelas acções, omissões e canalhices de malta que se pode digladiar entre si, mas que é idêntica no seu merdismo.

Agora, é a hora de eles rirem. É a noite das facas longas, a hora feliz da vingança porca: o sucesso pífio dos enterras de todo o tipo.

Acabou hoje o último assomo de altivez e grandeza do Belenenses.

Resta agora festejar o 28º lugar e os piores que aí virão...

P.S - Ainda bem que hoje os Vices e adeptos estiveram em peso na Póvoa. Ou não...

sexta-feira, 20 de maio de 2011

ALDEIA DO BELENENSES NA BEIRA INTERIOR

http://youtu.be/s9iDwhsjOpE

Obrigado à consócia e amiga que nos enviou.

P.S. - E não tiveram bilhetes para o Jamor! Mas ainda se repete e re-repete o blá-blá-blá que somos poucos e bons. Mesmo?!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

SÁBADO (E DOMINGO?)

TIREM-NOS DESTE CIRCO

Muito tempo de antena tem este palhaçote à nossa conta!


quarta-feira, 18 de maio de 2011

INSCREVE-TE!



O QUE FEZ O BELÉM (E O QUE AGORA LHE FALTA)

terça-feira, 17 de maio de 2011

O PRÓXIMO FIM DE SEMANA

Sábado às 16h, Futebol, Varzim - Belenenses

Sábado, às 18h, Futsal, Belenenses - Fundão

Domingo, às 18h, Futsal, Belenenses - Fundão (esperemos que haja)

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Notas dos Jogadores: Classificação

Eis a soma das classificações que temos vindo a atribuir aos jogadores, volvidos que são 33 jogos oficiais:

1º Miguel Rosa – 74,5
2º Celestino – 72,5
3º Semmler – 68
4º Tiago Gomes – 61,5
5º Calé – 60
6º Baggio – 58,5
7º Fredy – 55,5
8º Barge – 55
9º André Almeida – 47,5
10º Abel Camará – 45
11º Célio – 44
12º Victor Silva – 31,5
13º Pelé – 30
14ºs Luís Alberto e Sidnei – 27.5
16º Balu – 26,5
17º Luís Carlos – 25
18º Elton Souza – 23,5
19º Rui Varela – 20,5
20º Duarte Machado – 17
21º Diego Lima – 16,5
22º Purovic – 12
23º André Pires – 11
24º Devic – 10,5
25º Riça – 10
26º Nené – 9
27º André Martins – 6
28ºs Adolfo Leite e Fábio Marques – 4,5
30ºs Rodrigo arroz e Tiago Almeida – 4
32ºs Cherrad e Gabriel Gómez – 1
34º Dani – 0,5

Oliveirense, 0 - Belenenses, 1. Alívio...

Num estádio pequeno e castiço, em que gostei de ver pessoas pelas escadas acima, a lembrar a festa do povo de outros tempos, nem sempre se jogou ben mas lutou-se muito.

Ao Belenenses, desta vez não faltou garra nem um toque de sorte - tantas vezes madrasta - com aquele golo, aliás portento, de Sidney já nos descontos.

Foi um golo e uma vitória que trouxe uma grande explosão de alegria, muitos abraços e alguma comoção ao sector de adeptos belenenses, massacrado por sofrimentos e desgostos. Ali se juntou o pessoal que foi da zona de Lisboa, com alguns dos resistentes da outrora imensa nação Belenenses que ainda aguentam ir ver jogos.

Mas nada de grandes festas, porque o Belenenses não é nem pode ser clube de festejar fugas à despromoção, e muito menos na LH. Em todo o caso, José Mota foi saudado com muitos aplausos.

E bom, não é tempo de descansar, porque ainda há que pontuar, não vá o diabo tecê-las e porque a nossa honra mínima exige atenuar esta época terrível com vitórias nos últimos jogos.

O próximo encontro é com o Varzim, na Póvoa.

sábado, 14 de maio de 2011

Futsal: Derrota Recuperável

Não queremos - e nem teríamos agora tempo - para falar sobre a partida que culminou com a derrota do Belenenses no Fundão, por 6-3, no 1º jogo, dos 1/4 de Final do Campeonato de Futsal. Há coisas que não dever ser ditas a destempo (já bastam os vários tipos de inimigos da única gente que, no Belenenses dos últimos anos, ousaram mesmo tentar vencer), e daqui a horas estaremos novamente de viagem, agora para Oliveira de Azeméis.


Direi apenas que, não questionando a justiça da vitória dos visitados, o jogo foi muito disputado e o resultado final é ilusório. Aliás, com 3-3, o jogo parecia pender mais a favor do Belenenses. Acrescento que o Fundão, como já se sabia, tem uma boa equipa, e beneficiou de uma presença numérica de público (muito anti-desportivo, diga-se) que, em comparação, com muitos casos, deveria fazer corar de vergonha os nossos adeptos - se estes tivessem tal coisa. Esclareço, porém, que continuo a achar que temos mais argumentos e todas as condições para seguirmos em frente, nos jogos em nossa Casa. Lembro, aliás, que também o Benfica perdeu em Vizela com a Fundação Jorge Antunes.

Espero que, desta vez, os adeptos azuis (que hoje foram 20 no Fundão) façam a diferença no Acácio Rosa.

NÃO FALTES!

sexta-feira, 13 de maio de 2011

AMANHÃ, ÀS 17H, COMEÇA O PLAY-OFF DO CAMPEONATO DE FUTEBOL

O Belenenses enfrenta o Fundão nos quartos-de-final do Play-off, na reedição de um confronto entre duas equipas, cujo saldo é claramente favorável aos azuis que venceram todas as partidas entre ambos. Para Alípio Matos, esses dados não passam de "história", e é dentro de campo que a sua equipa vai ter que provar ser superior.


"Tem sido uma época atípica no Belenenses. Recomeçámos do zero. Em Dezembro as dificuldades foram aparecendo e tivemos que reestruturar de novo a equipa, dentro daquilo que não queríamos e desejávamos. A partir daí, houve uma fase menos boa, em que nós não conseguimos estar tão bem como até então. Acaba sempre por ser o reflexo da instabilidade e daquilo que é a adaptação de novos jogadores, que trazem novas mentalidade e outras formas de estar, e que precisam às vezes um pouco mais de tempo para se enquadrarem no espírito daquilo que é hoje o futsal do Belenenses".


Depois de andar durante um largo período da época a lutar pelo primeiro lugar, o Belenenses acabou por quebrar um pouco o seu rendimento na ponta final da fase regular, que fez com que a equipa terminasse na terceira posição, a quinze pontos de distância do líder Benfica.

"É verdade que tivemos essa quebra em termos exibicionais e com algum reflexo em termos de resultados. Foi uma situação que procurámos gerir da melhor forma e penso que a partir de agora vamos recomeçar do zero. Não vai haver classificação, vão ser jogos a eliminar e todas as equipas estão em igualdade de circunstâncias", continuou Alípio Matos que se recusa a baixar a fasquia em relação a anos anteriores: "Por aquilo que temos trabalhado, dá-nos garantias de poder outra vez passar os quartos-de-final e atingir o nível daquilo que têm sido as nossas últimas épocas. Estamos preparados para enfrentar as duras batalhas que aí vêm", mostrou-se convicto.

A tradição dos confrontos com o Fundão é claramente favorável ao Belenenses, que inclusivamente venceu os dois jogos da fase regular. Ainda assim, Alípio Matos acredita que esses dados estatísticos não trazem qualquer vantagem à sua equipa. "O Fundão é uma boa equipa, que reforçou-se e ficou mais forte. Realmente o saldo é favorável ao Belenenses, porque ganhámos sempre os jogos que fizemos com eles. Mas isso não quer dizer nada. É só história", reforçou.
"Vamos encontrar um Fundão que pensa, e é legítimo que o faça, que face aos desempenhos menos bons do Belenenses, esta é uma oportunidade única que tem de nos poder eliminar. Só que aí há um problema: ter de nos ganhar dois jogos", afirmou Alípio Matos que respeita o seu adversário dos quartos-de-final, mas, apesar de tudo, o Belenenses, "pela sua história, por tudo o que tem feito e que tornou a fazer este ano, parte com algum favoritismo, até porque ficámos em terceiro e o Fundão ficou em sexto a muitos pontos de nós. Mas no jogo vai haver muito equilíbrio, porque o Fundão é uma belíssima equipa e está galvanizado para poder fazer a vida negra ao Belenenses. Temos que estar preparados para isso".

NÃO FALTES COM O TEU APOIO!

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Mafra, 0 - Belenenses, 3

Neste jogo-treino, os golos foram de Pelé (2) e Miguel Rosa.

SÁBADO, ÀS 17H, COMEÇA A FASE DECISIVA DO CAMPEONATO DE FUTSAL

O Belenenses enfrenta o Fundão nos quartos-de-final do Play-off, na reedição de um confronto entre duas equipas, cujo saldo é claramente favorável aos azuis que venceram todas as partidas entre ambos. Para Alípio Matos, esses dados não passam de "história", e é dentro de campo que a sua equipa vai ter que provar ser superior.

"Tem sido uma época atípica no Belenenses. Recomeçámos do zero. Em Dezembro as dificuldades foram aparecendo e tivemos que reestruturar de novo a equipa, dentro daquilo que não queríamos e desejávamos. A partir daí, houve uma fase menos boa, em que nós não conseguimos estar tão bem como até então. Acaba sempre por ser o reflexo da instabilidade e daquilo que é a adaptação de novos jogadores, que trazem novas mentalidade e outras formas de estar, e que precisam às vezes um pouco mais de tempo para se enquadrarem no espírito daquilo que é hoje o futsal do Belenenses".

Depois de andar durante um largo período da época a lutar pelo primeiro lugar, o Belenenses acabou por quebrar um pouco o seu rendimento na ponta final da fase regular, que fez com que a equipa terminasse na terceira posição, a quinze pontos de distância do líder Benfica.

"É verdade que tivemos essa quebra em termos exibicionais e com algum reflexo em termos de resultados. Foi uma situação que procurámos gerir da melhor forma e penso que a partir de agora vamos recomeçar do zero. Não vai haver classificação, vão ser jogos a eliminar e todas as equipas estão em igualdade de circunstâncias", continuou Alípio Matos que se recusa a baixar a fasquia em relação a anos anteriores: "Por aquilo que temos trabalhado, dá-nos garantias de poder outra vez passar os quartos-de-final e atingir o nível daquilo que têm sido as nossas últimas épocas. Estamos preparados para enfrentar as duras batalhas que aí vêm", mostrou-se convicto.
A tradição dos confrontos com o Fundão é claramente favorável ao Belenenses, que inclusivamente venceu os dois jogos da fase regular. Ainda assim, Alípio Matos acredita que esses dados estatísticos não trazem qualquer vantagem à sua equipa. "O Fundão é uma boa equipa, que reforçou-se e ficou mais forte. Realmente o saldo é favorável ao Belenenses, porque ganhámos sempre os jogos que fizemos com eles. Mas isso não quer dizer nada. É só história", reforçou.

"Vamos encontrar um Fundão que pensa, e é legítimo que o faça, que face aos desempenhos menos bons do Belenenses, esta é uma oportunidade única que tem de nos poder eliminar. Só que aí há um problema: ter de nos ganhar dois jogos", afirmou Alípio Matos que respeita o seu adversário dos quartos-de-final, mas, apesar de tudo, o Belenenses, "pela sua história, por tudo o que tem feito e que tornou a fazer este ano, parte com algum favoritismo, até porque ficámos em terceiro e o Fundão ficou em sexto a muitos pontos de nós. Mas no jogo vai haver muito equilíbrio, porque o Fundão é uma belíssima equipa e está galvanizado para poder fazer a vida negra ao Belenenses. Temos que estar preparados para isso".


Retirado de: http://www.juliofutsalcfb.com/

APOIAR O BELENENSES

O QUE NUNCA FOI (mas que eu esperei em 89) (mas não cavalgámos a onda)

quarta-feira, 11 de maio de 2011

JOGO-TREINO



Amanhã, 5ª feira, pelas 10h30m, no Estádio do Restelo, o Belenenses joga com o Mafra em jogo-treino.

terça-feira, 10 de maio de 2011

INSCREVE-TE



SOLIDÁRIOS

http://www.facebook.com/belenensesonline#!/profile.php?id=1798274230
Quem já contribuiu:

TRF. ARTUR MANUEL MOREIRA LEIT
TR-PEDRO MIGUEL CARVALHO TEIXE
TEI CR JOSE FERREIRA ANACLETO
...TEI CR LUIS RIBEIRO M BARATEIR
TEI CR DR JOAO BARBOSA
TEI CR JOSE MIGUEL SOARES
TEI CR VITOR DANIEL B GOMES
TEI CR MANUEL RIBEIRO MIGUEL
TEI CR HENRIQUE M LEITAO
TR-JOAO CARLOS FERNAO PIRES DA
TR-BRUNO DIAS SILVA ESPIRITO S
TR-NUNO IGLESIAS SANTOS CARRIL
TR-PEDRO MIGUEL CARVALHO TEIXE
TR-RICARDO JOSE ANTUNES
TEI CR FERNANDO AMORIM SOUSA
Anónimo
TEI CR VITOR ENNES
TR-SERGIO MIGUEL RIBEIRO MOITA
TEI CR LUIS F C PEREIRA
TEI CR JOSE ALBERTO OLIVEIRA
TEI CR JOSE FERREIRA ANACLETO
TRF. ANCA CATALINA AVATAJITI

Informação processada pelo Net24 em 2011-05-08

Total: €803,10

Domingo, durante o jogo de futebol com o Moreirense
Nuno Perlouro
Rui Fernandes
José Manuel Soares

Total no fim do Domingo passado: 943,10€

segunda-feira, 9 de maio de 2011

ANTCHOUET

Antchouet marcou-nos ontem e não festejou.

É um sinal de respeito que ultimamente quase nunca temos visto - pelo contrário, alguns há que, tendo estado aqui, é contra nós que jogam cheio de "veneta" e, se marcam ou ganham, festejam de modo anormalmente efusivo.

Antchouet não. Também por isso, bem que gostaria de o ter cá. Mas era o tal "malandrão" que "tinha de ir para o banco", porque "bons" eram os emprestados da 2ª circular (Paulo Sérgio, Rodolfo Lima, Lourenço...), vedetas idolatradas que, todos juntos, nem fizeram metade dos golos do gabonês.


Mas isto sou eu a falar, porque a mesma linha de toinice é que é continuada e aplaudida...

J.


domingo, 8 de maio de 2011

Notas dos jogadores: Classificação

Soma das notas que temos atribuído em 32 jogos oficiais já disputados:

1º Miguel Rosa - 74,5

2º Celestino - 69,5

3º Semmler - 63,5

4º Tiago Gomes- 58

5º Calé - 57,5

Fredy - 55,5

7ºs Baggio e Barge - 55

9º André Almeida - 45

10° Abel Camará – 43,5

11º Célio - 41

12º Victor Silva - 28

13º Balú - 26,5

14º Pelé – 26

15º Luís Carlos - 25

16ºs Luís Alberto e Sidney – 23,5

18º Elton Souza - 22

19º Rui Varela - 20,5

20º Duarte Machado – 17

21º Diego Lima - 14,5

22º Purovic – 12

23º André Pires - 11

24º Devic - 10,5

25º Riça - 10

26º Néné - 9

27º André Martins - 6

28ºs Adolfo Leite e Fábio Marques - 4,5

30ºs Rodrigo Arroz e Tiago Almeida - 4

32ºs Cherrad e Gabriel Gómez - 1


34º Dani - 0,5

UM ANO DEPOIS (OU UM ANO A MAIS?)

Faz hoje exactamente um ano atrás que o Belenenses ganhou a Taça de Portugal de Futsal, dando a muitos uma alegria imensa, que muitos outros não tiveram coração para partilhar.

Um ano depois, num clube que vai sempre de mal a pior, e de pior a muito pior, só resta amargura e/ou angústia. O clube está em decomposição, cheira a fim em todos os sentidos.

Penso se não teria sido melhor acabarmos tudo em 9 de Maio de 2010.

São estas as reflexões que faço depois do empate 1-1, no Belenenses - Moreirense. Só um jogador mostrou classe (Calé, de resto o marcador do golo) e um outro uns pózinhos disso (Celestino).

E só 4 mostraram a atitude que acho exigível: Semmler, Duarte Machado, Miguel Rosa e Calé.

E é melhor ficar por aqui.

Bom Exemplo

http://nadarcfb.blogspot.com/2011/05/vamos-apoiar-o-nosso-clube.htm

Assim, sim!

sábado, 7 de maio de 2011

AMANHÃ, DOMINGO

sexta-feira, 6 de maio de 2011

AMANHÃ, SÁBADO, HÁ ANDEBOL

Às 20h, no Pavilhão Acácio Rosa


BELENENSES - SP. HORTA



A aquecer os motores para a final-four da Taça...

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Sábado: mais um nº da Revista do Belenenses

quarta-feira, 4 de maio de 2011

A VER

terça-feira, 3 de maio de 2011

"Não penses só o que o Belenenses fez por ti mas também o que podes fazer pelo Belenenses"

DOMINGO

ÀS 15 HORAS, NO ESTÁDIO DO RESTELO

BELENENSES - MOREIRENSE


segunda-feira, 2 de maio de 2011

Notas dos jogadores: Classificação

Soma das notas que temos atribuído em 31 jogos oficiai já disputados:

1º Miguel Rosa - 71,5

2º Celestino - 66

3º Semmler - 59,5

4ºs Fredy e Tiago Gomes- 55,5

6º Barge - 55

7ºs Baggio e Calé - – 53

9º André Almeida - 45

10° Abel Camará – 42

11º Célio - 41

12º Balú - 26,5

13º Pelé – 26

14º Victor Silva - 25

15º Luís Carlos - 24,5

16º Luís Alberto – 22,5

17º Sidney – 22

18ºs Elton Souza e Rui Varela - 20,5

20º Diego Lima - 14,5

21º Duarte Machado – 13,5

22º Purovic – 12

23º André Pires - 11

24º Devic - 10,5

25º Riça - 10

26º Néné - 9

27º André Martins - 6

28ºs Adolfo Leite e Fábio Marques - 4,5

30ºs Rodrigo Arroz e Tiago Almeida - 4


32ºs Cherrad e Gabriel Gómez - 1


34º Dani - 0,5

Gil Vicente, 1 - Belenenses, 1

O Belenenses foi melhor na 1ª parte (pelo menos a partir dos 17m, que foi o que vimos) e o Gil Vicente na 2ª parte.


O penalty que deu o golo ao Gil foi duvidoso (o árbitro, que há dois anos fez aquele escândalo-palhaçada em casa do Estrela da Amadora já estava a "inclinar" desde o inicio da 2ª parte) mas também tivemos sorte em duas bolas na trave.

O nosso jogo foi razoável, tirando ali um quarto de hora na 2ª parte.

Foi bom ou mau o resultado? Bem nas tristes (as piores em 90 e tal anos de história) condições actuais do Belenenses, não foi mau. Mas, tendo em conta os restantes resultados, e o facto de termos estado largo tempo em vantagem até um penalty forçado, questiona essa qualificação. É um bocado ao contrário do Gil, que quereria mais pontos, mas acabou por ganhar um ponto ao segundo.

Domingo, temos mesmo que ganhar ao Moreirense! É claro que já está a haver resultados facilitados e a nós ninguém jamais facilita, até porque o maior prémio para todas as equipas é frente ao Belenenses.

A larga maioria da massa adepta do Belenenses foi a treta do costume, especialmente os grandes heróis-euzões internaúticos. Nada se importaram de dar a imagem de clubezeco. Mas os da Fúria Azul que foram e mais alguns adeptos foram inexcedíveis, e era impossível apoiar mais.

domingo, 1 de maio de 2011

SE ÉS BELENENSES...

RUGBY