segunda-feira, 25 de novembro de 2013

A LUTA CONTINUA...

... MAS NOUTRO ESPAÇO.

PODE CONTINUAR A SEGUIR-NOS AQUI:

 
 
 

domingo, 24 de novembro de 2013

BASQUETEBOL: 5 JOGOS, 5 VITÓRIAS

A equipa de Basquetebol do Belenenses venceu ontem o Chamusca por 82-45.
Trata-se da 5ª vitória em outros tantos jogos do Campeonato (CNB 1). Vamos ver até onde podemos chegar este ano, em mais uma etapa de "regresso", também nesta modalidade...
Força, Belém!
 
 

sábado, 23 de novembro de 2013

FUTSAL: MAIS TRÊS PONTOS IMPORTANTES

Belenenses, 3 - Modicus, 1
Não vi o jogo. Há muito que não faltava a um jogo em casa mas desta vez era impossível. Tive pena. Adoro ver o Belenenses, apesar de tudo o que sei da cabecinha da maior parte das pessoas. Adoro ver esta equipa esforçada, lutadora, honesta, com verdade de aprender e progredir, que merece o nosso apoio e aplauso.
Não tendo visto, e porque só tenho por hábito falar daquilo que sei, remeto-me aos números e factos objectivos. E eles mostram o seguinte:
* Um primeiro tempo para marcar: chegámos ao intervalo a vencer por 3-0, com golos de Paulo Major e Cautela, este a bisar.
* Uma segunda parte a aguentar: o Modicus (recheado de bons jogadores) reduziu para 3-1 mas por aí se ficou.
Estamos na penúltima jornada da primeira volta. Com igual número de jogos em Casa e Fora, temos 5 vitórias, 2 empates e 5 derrotas. Mantivemos e consolidámos o 5º lugar (a vantagem para o 6º ampliou-se para 3 pontos). Temos 8 pontos de avanço sobre a "linha de descida".  São motivos de satisfação e de esperança para um futuro melhor.
Até agora, os nossos golos foram marcados por:
Paulo Major - 8
Bruno Martins - 6
Bruninho - 4
Cautela – 4

Drula - 3
Hugo Eduardo - 3
Pauleta - 3
João Marques - 2
Fred - 1
(autogolos - 2)


DOMINGO

Às 15h

(Sintrense - Belenenses, Futebol Feminino)

Às 17h

(Voleibol Feminino)

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

AMANHÃ


CLUBES PRESENTES NO MUNDIAL

Traz o jornal Record duas listas interessantes de jogadores:
a) Dos representantes de clubes Portugueses que têm hipóteses de estar presentes no Mundial do Brasil, ao serviço de uma das selecções presentes, com a já habitual ridícula inclusão pressionante de jogadores dos 3 eucaliptos, sobretudo do Benfica, que só a título insólito estariam presentes. Do Belenenses, ninguém. Até Cabo Verde, que se tinha apurado, e em que Kay e Rambé seriam hipóteses fortes, ficou afinal de fora. Bem que gostava que tivéssemos jogadores neste Mundial…
b) Dos representantes de clubes Portugueses que já tiveram presentes em fases finais de Mundiais, em diferentes selecções. Aqui, o Belenenses ocupa lugar de relativo destaque, apesar da habitual ironia: nos grandes tempos do Belenenses, Portugal nunca ia ao Mundial, então com 8 ou 16 equipas e não 32, como hoje. Se o critério fosse tão apertado como então, também não iríamos em 2014, como não teríamos ido em 2010, e se calhar também em 2006…É curioso que o jornalista fala nos “quatro maiores emblemas” a propósito do Mundial de 1966 (a nossa melhor classificação Portuguesa). Eramos, indiscutivelmente, um dos “quatro grandes”.
Aqui vai, então, a lista por clubes:

1º. Benfica – 37
2º. Sporting – 35

3º. F. C.Porto – 32
4ºs. Belenenses (José Pereira, Vicente, Jorge Martins, José António, Sobrinho e Embé) e Boavista - 6

6º Vitória de setúbal – 2
7ºs Académica, Beira Mar, Braga, Estrela da Amadora, Gil Vicente, Leixões, Nacional e Paços de Ferreira – 1
Duas notas adicionais: A primeira, é que houve mais 6 jogadores que foram ao Mundial e jogaram no Belenenses, mas não na mesma altura.

A segunda (desta nunca ninguém falou mas deixamos como mais um contributo para a história do Belenenses), confirma uma vez mais o nosso pioneirismo. No primeiro de todos os Mundiais, só esteve um jogador que tenha actuado em Portugal. Foi Alejandro Scopelli, que até marcou um golo, pela argentina. E o clube em que jogou em Portugal, foi, é claro, o Belenenses.
 

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

RENOVAÇÕES

Fábio Surgeon, Fredy e Tiago Silva renovaram os seus contratos com o Belenenses. são jogadores de qualidade e com bastante futuro.
Boas notícias!
 
 

INSCREVE-TE


quarta-feira, 20 de novembro de 2013

TAÇA DA LIGA: SORTEIO DA 2ª FASE DE GRUPOS

Teve hoje lugar o sorteio da 2ª Fase de Grupos da Taça da Liga. Ficámos no Grupo C, juntamente bom Beira Mar, Braga e Estoril.
Nos restantes três grupos resultantes, um é teoricamente mais fácil, outro teoricamente mais difícil, outro de graduação equivalente.
Já noutro aspecto, não fomos bafejados pela ventura; dos três jogos, um é em Casa e dois são Fora. Adicionalmente, a deslocação ao Estoril, onde poderíamos estar em bom número, é numa quarta-feira, a meio da tarde.
Terão lugar nas seguintes datas:

Domingo, 29 de Dezembro, às 16h, Belenenses - Beira Mar
Quarta-Feira, 15 de Janeiro, às 16h, Estoril - Belenenses
Sábado, 25 de Janeiro, às 16h, Braga-Belenenses

Espero que não comecem já com tretas de que esta prova não interessa.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

FUTSAL

Eis um jogo muito importante! Em caso de vitória, geramos diferenças pontuais já muito significativas para os que estão mais abaixo; mantemos e porventura consolidamos o 5º lugar; e ficamos um passo mais perto do play-off.
 
 

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

O jogo daqui a 13 dias

Daqui a um pouco menos de duas semanas, o Belenenses recebe o Gil Vicente.
É um jogo de que me interessam os 3 pontos. Nada mais.
Do Caso Mateus, só quero esquecimento, porque quando mais for lembrado, pior para o Belenenses.
Quanto ao resto, quero lá saber do Gil Vicente ou do Fiúza! Que sejam recebidos com absoluta normalidade - tudo o resto é insensato.
Os nossos rivais são o Benfica, o Porto, o Sporting. Dar importância a Fiúzas e Gil Vicente, só nos empequenece. De resto, nem tenho nada de especial contra o Gil Vicente. A nossa dimensão também se vê pelos que elegemos como rivais. E os do meu Belenenses, de quem sabe o que é o Belenenses, nunca será o Gil Vicente.

domingo, 17 de novembro de 2013

ALGO VAI (MUITO) MAL NA FORMAÇÃO

É praticamente consensual que ter uma boa formação é essencial para o futuro do Belenenses - Clube e SAD.
Durante alguns anos de um passado recente (para não falar, pois, num passado distante, que no Belenenses foi sempre melhor), as nossas jovens equipas não só andavam nos lugares cimeiros (mesmo levando com benfica e sporting na sua série) e ofereceram ao plantel sénior vários jogadores de boas ou razoável qualidade: Gonçalo Brandão, Ruben Amorim, Rolando, Mano, André Almeida, Fredy, André Pires, Abel Camará,Tiago Silva, Fábio Sturgeon, etc. 
Além disso, o Belenenses estava regularmente representado nas selecções jovens dos vários escalões.
O presente, contudo, é bastante triste. Desaparecemos das convocatórias das Selecções. As equipas arrastam-se nos diversos campeonatos com resultados entre o sofrível e o calamitoso. "Toda a gente" nos ganha e ultrapassa e derrotas com goleadas tornaram-se habituais ou mesmo expectáveis. Vejamos o ponto da situação nos escalões de Juniores, Juvenis, Iniciados:
Juniores - Há 24 participantes distribuídos por duas zonas (12 equipas em cada, portanto). Apesar de alguma melhoria recente, estamos em 7º lugar na Zona Sul. Estamos a 8 pontos do lugar de qualificação (o 4º). Á nossa frente, temos equipas como o Oeiras e o União de Leiria. Temos 18 golos marcados e 19 sofridos.
Juvenis - Há 50 participantes, distribuídos por 5 zonas (10 equipas em cada). Estamos em 5º lugar na Série E. Qualificam-se os 2 primeiros - e o Belenenses já está a 9 pontos do 2º. Á nossa frente, estão o Estoril, o Oeiras, o Cova da Piedade e, embora com os mesmos pontos, o Vitória de Setúbal.
Iniciados - Há 69 participantes, divididos por 7 séries. Na nossa, estamos em 8ºlugar (!!!), atrás de equipas como o Sacavenense, o CAC Pontinha, o Oeiras, o Linda-a-Velha e o Estoril (estes dois, todavia, com a mesma pontuação que nós). Temos um saldo de 14-28 em golos!!!
Esta época houve diversas mudanças. Não percebemos os critérios mas uma coisa é certa e factual: a mudança foi para pior...
É preciso inverter completamente a situação.
 

sábado, 16 de novembro de 2013

ANDEBOL: A MAIS E A MENOS

Belenenses, 21 - Sporting, 22
Perdemos no último segundo, com o adversário a converter um livre de 7 metros.
Acontece. Já vi ganharmos e perdermos várias vezes no último segundo em Andebol.
Mais raro é estarmos a vencer (21-20) a 45s do fim e ainda perdermos. O normal seria esticarmos ao máximo a posse de bola para que só pudesse acontecer uma de duas coisas: ou resolver de vez o jogo ou só deixar tempo a que, na pior das hipóteses, o adversário tivesse uma bola para empatar. Houve alguma dualidade de critérios na questão do jogo passivo. Mas isso, nestes jogos, é o normal. Faltou-nos cabeça.
Foi assim que deitámos a perder uma excelente exibição em termos defensivos e uma estupenda recuperação.
Talvez pela frieza que vamos deixando crescer no Acácio Rosa (e não só...) com a nossa ausência, a equipa azul entrou pessimamente no jogo. Aos 3m57s de jogo perdíamos 0-4. O nosso treinador, Pedro Alvarez (na foto), que nos parece estar a fazer um magnífico trabalho, pediu logo, e muito oportunamente, um minuto de desconto. A partir daí, estivemos excelentes em termos defensivos. A atacar, Luís Nunes (10 golos) foi hoje a nossa grande solução. Fomos recuperando paulatinamente: havia 11-12 ao intervalo; aos 18-17 estávamos na frente. A nossa equipa não merecia ter-se traído a si própria naqueles segundos finais...
Já os adeptos mereceram e mereceriam muito pior, pela sua ausência, pelo seu amorfismo, pela sua falta de orgulho, por tudo. A 11 segundos do fim, com o jogo empatado, lá foi um magote de gente embora. As poucas tentativas de "puxar" pelo Belém não tinham solidariedade. O pouco que houve ainda se deve aos velhotes que, ao menos, aparecem. Já não tenho tempo, paciência ou idade para a Fúria Azul, mas deixo uma referência: neste jogo (e em outros) havia elementos e faixas de 3 claques do Sporting. Da FA (e excluindo-me) não tínhamos ninguém: zero.
Já sei que há gente que mora em Bragança e em Vila Real de Santo António, que ontem jogou a selecção, que até os 2 € do bilhete são um peso para muitos, que "as modalidades não interessam", que tudo o que estou a dizer é uma indecência, que não se pode exigir mais, e que só vai quem quer, blá-blá-blá. Todos os casos individuais são justificáveis mas há uma causa global que é um básico "quer que se lixe". Tenhamos ao menos a hombridade e humildade de o reconhecer, em vez de repetir o absurdo chavão do "poucos mas bons".
Só vejo uma única hipótese de haver uma "comoção", uma movimentação no CFB*: é se desaparecer o grelhador que costuma estar junto à entrada do pavilhão. 
 

* Contabilidade, Febras e Bejecas (ex-Clube de FutebolOs Belenenses)
 

FUTSAL: MAIS UM RESULTADO POSITIVO

O Belenenses acabou de empatar 3-3 em Coimbra, em jogo da 11ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão de Futsal.
Os nossos golos foram da autoria de Pauleta, Hugo Eduardo e Drula. Acabou por ser um resultado lógico, num jogo em que estivemos a perder e a ganhar mas em que o equilíbrio no marcador esteve sempre presente (por exemplo, havia 2-2 ao intervalo).
Acabou, sobretudo, por ser mais um resultado positivo da nossa jovem e lutadora equipa. Mantem-nos em vantagem sobre a Académica (adversário de hoje), que ainda nos terá que visitar, mantem-nos em 5º lugar, mantem-nos em posição confortável e, aliás, de acesso ao play-off.  
Ainda há muito caminho pela frente...mas dá gosto este grupo de trabalho!
 
 

VOLEIBOL FEMININO


sexta-feira, 15 de novembro de 2013

UMA BOA INICIATIVA


ANDEBOL

(Eu quero sempre e independentemente de tudo o melhor para o Belenenses. Seja no que for e com que for).
A noite de 4ª feira teve boas e más notícias. Perdemos 21-25 com o Porto, e esse é, evidentemente, a má noticia. De bom, tivemos a confirmação do progresso de uma equipa em (re)construção, que discutiu o resultado praticamente até ao final. Adicionalmente, o Sp. Horta perdeu na Maia, dando um pouco mais de oxigénio à luzinha de esperança de ficarmos nos 6 primeiros - Grupo A.
E vem aí o jogo com o Sporting. É já neste Sábado, às 18h, no Pavilhão Acácio Rosa. Por ser com que é, trata-se de um jogo parta estar e apoiar - pelo menos para aqueles no Belenenses que ainda acham que ir aos jogos não é coisa mais dispensável de todas num clube.
Esperamos que a nossa equipa esteja à altura de discutir a vitória também nesse jogo - e que desta a vez a conquiste.
 
 

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

INSCREVE-TE


FUTSAL


quarta-feira, 13 de novembro de 2013

HOJE


DANIELSON E JÓNSSON NA LUTA PELO MUNDIAL

Claro que não foi notícia em jornais Portugueses, por isso retirámos de um site... nglês. Aqui estão os convocados da Islândia para os jogos contra a Croácia do play-off de apuramento para a fase final do Campeonato Mundial, nos quais figuram dois jogadores do Belenenses:
 
Goalkeepers:
Gunnleifur Gunnleifsson, Breiðablik
Hannes Þór Halldórsson, KR
Haraldur Björnsson, Fredrikstad
 
Defenders:
Birkir Már Sævarsson, Brann
Ragnar Sigurðsson, FC Köbenhavn
Kári Árnason, Rotherham
Eggert Gunnþór Jónsson, Belenenses
Ari Freyr Skúlason, OB
Hallgrímur Jónasson, SönderyskE
Kristinn Jónsson, Breiðablik
Sölvi Geir Ottesen, Ural
 
Midfielders:
Emill Hallfreðsson, Verona
Aron Einar Gunnarsson, Cardiff
Helgi Valur Daníelsson, Belenenses
Jóhann Berg Guðmundsson, AZ Alkmaar
Birkir Bjarnason, Sampdoria
Rúrik Gíslason, FC Köbenhavn
Ólafur Ingi Skúlason, Zulte-Waregem
Gylfi Þór Sigurðsson, Tottenham
Guðlaugur Victor Pálsson, NEC
 
Forwards: 
Eiður Smári Guðjohnsen, Club Brügge
Kolbeinn Sigþórsson, Ajax
Arnór Smárason, Helsingborg
Alfreð Finnbogason, Heerenveen
 

 
Jónsson

terça-feira, 12 de novembro de 2013

GOLEADAS AOS VELHOS RIVAIS

Como diz, e bem, o nosso amigo e consócio José Manuel Soares, a verdade é que a equipa do mundo que ganhou mais vezes aos "três" é, de longe, muito longe, o Belenenses.
Naturalmente, aliás, porque durante décadas e décadas, a maior parte do tempo, os "três" foram na verdade "quatro", comos mosqueteiros. E desses, nem sempre fomos o 4º. Estes são os factos, apesar de nos últimos anos, deliberada ou ignorantemente, se (tentar) reescrever a vitória.
Muitas desses vitórias sobre os nossos velhos e verdadeiros rivais (por favor, não venham cá com o Gil Vicente e o Estoril!!!) atingiram números de goleadas. Considerando como tal as vitórias por  3 ou mais golos de diferença ou  o Belenenses marcou 3 ou mais golos no campo do rival ou 4 ou mais golos em nossa Casa (mesmo que vencendo apenas pela diferença de um ou dois), aqui fica a lista em jogos oficiais (indicam-se o resultado, a prova e a época):
 
Contra o Benfica:
Benfica, 4 – Belenenses, 5    Campeonato de Lisboa 1925/26
Belenenses, 6 – Benfica, 3   Campeonato de Lisboa  1928/29
Belenenses, 4 – Benfica, 1   Campeonato de Lisboa  1930/31
Benfica, 2 – Belenenses, 4   Campeonato de Lisboa  1930/31
Belenenses, 4 – Benfica, 0   Campeonato de Lisboa  1931/32
Belenenses, 4 – Benfica, 0   Campeonato de Lisboa  1938/39
Benfica, 3 – Belenenses, 4    Campeonato Nacional  1938/39
Belenenses, 4 – Benfica, 0   Campeonato de Lisboa  1938/39
Belenenses, 8 – Benfica, 3    Campeonato Nacional  1940/41
Belenenses, 4 – Benfica, 1    Campeonato de Lisboa 1942/43
Belenenses, 5 – Benfica, 2    Campeonato Nacional  1942/43
Belenenses, 4 – Benfica, 2   Campeonato de Lisboa 1943/44
Belenenses, 5 – Benfica, 4     Taça de Portugal     1944/45
Belenenses, 4 – Benfica, 2   Campeonato de Lisboa 1945/46
Belenenses, 4 – Benfica, 1    Campeonato Nacional  1947/48
Benfica, 0 – Belenenses, 5             Taça de Honra  1960/61   
Belenenses, 4 – Benfica, 2    Campeonato Nacional  1975/76
Benfica, 2 – Belenenses, 3    Campeonato Nacional  1999/00
Belenenses, 4 – Benfica, 1    Campeonato Nacional  2004/05
Contra o F.C.Porto:
Belenenses, 3 – F.C.Porto, 0    Campeonato Nacional 1936/37
F.C.Porto, 1 – Belenenses, 3    Campeonato Nacional  1938/39
F.C.Porto, 2 – Belenenses, 3    Campeonato Nacional  1938/39
Belenenses, 7 – F.C.Porto, 3    Campeonato Nacional  1941/42
Belenenses, 5 – F.C.Porto, 1     Taça de Portugal      1941/42
Belenenses, 4 – F.C.Porto, 0    Campeonato Nacional  1942/43
Belenenses, 4 – F.C.Porto, 0    Campeonato Nacional  1943/44
F.C.Porto, 2 – Belenenses, 6   Campeonato Nacional   1944/45
Belenenses, 3 – F.C.Porto, 0    Campeonato Nacional  1947/48
Belenenses, 5 – F.C.Porto, 3    Campeonato Nacional  1949/50
Belenenses, 5 – F.C.Porto, 2    Campeonato Nacional  1953/54
Belenenses, 4 – F.C.Porto, 3    Campeonato Nacional  1956/57
F.C.Porto, 2 – Belenenses, 3   Campeonato Nacional   1959/60
F.C.Porto, 1 – Belenenses, 3       Taça de Portugal    1959/60
Belenenses, 3 – F.C.Porto, 0       Taça de Portugal    1962/63
F.C.Porto, 0 – Belenenses, 4   Campeonato Nacional   1974/75
Belenenses, 3 – F.C.Porto, 0    Campeonato Nacional  2002/03
Contra o Sporting:
Sporting, 2 – Belenenses, 3   Campeonato de Lisboa  1924/25
Sporting, 1 – Belenenses, 3   Campeonato de Lisboa  1926/27
Sporting, 1 – Belenenses, 3   Campeonato de Lisboa  1928/29
Belenenses, 4 – Sporting, 2   Campeonato de Lisboa  1929/30
Sporting, 0 – Belenenses, 6  Campeonato de Portugal 1931/32
Belenenses, 9 – Sporting, 0  Campeonato de Portugal 1931/32
Sporting, 1 – Belenenses, 3  Campeonato de Portugal 1932/33
Sporting, 2 – Belenenses, 3    Campeonato Nacional  1936/37
Sporting, 2 – Belenenses, 4  Campeonato de Portugal 1937/38
Belenenses, 4 – Sporting, 1      Taça de Portugal    1939/40
Belenenses, 5 – Sporting, 1    Campeonato Nacional  1940/41
Sporting, 1 – Belenenses, 4    Campeonato Nacional  1941/42
Belenenses, 5 – Sporting, 0    Campeonato Nacional  1942/43
Belenenses, 5 – Sporting, 1   Campeonato de Lisboa  1943/44
Belenenses, 4 – Sporting, 3    Campeonato Nacional  1951/52
Belenenses, 4 – Sporting, 3      Taça de Portugal    1961/62
Belenenses, 4 – Sporting, 2    Campeonato Nacional  1962/63
Belenenses, 4 – Sporting, 0    Campeonato Nacional  1967/68
Belenenses, 3 – Sporting, 0    Campeonato Nacional  2001/02
 
Notas adicionais: nunca o Sporting (nem ninguém!) nos ganhou por 9 golos de diferença; nunca o Porto nem o Sporting marcaram 6 golos em casa do Belenenses. Ainda: O Belenenses foi a 1º equipa em jogos oficiais a ganhar nos Estádios da Luz e das Antas; e a primeira a não perder em Alvalade.
 
 

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

A HORA DO ANDEBOL

Anteontem, o Belenenses foi vencer o Avanca por 25-30. Este resultado, da antepenúltima jornada da primeira volta, coloca-nos no 7º lugar do campeonato.
Bastará subir um lugar para, na 2ª fase, estarmos no Grupo A. Mas tal parece difícil, por causa do mau jogo e consequente derrota que tivemos na recepção ao Horta. E, para mais, este acaba de vencer o ABC. A única hipótese é transcendermo-nos em alguns jogos
E a propósito disso: já nesta 4ª feira, recemos o Porto, conforme cartaz. Infelizmente não posso estar presente, mas incentivo a todos a que compareçam para apoiar a nossa equipa.
É isso que tenciono fazer logo três dias depois, no Sábado, em que temos um Belenenses - Sporting no Acácio Rosa. É talvez o jogo dos jogos no Andebol português.
 
 

domingo, 10 de novembro de 2013

UM CONTO ZEN ( A propósito do post anterior)

(A propósito do final do post anterior - http://furiaazul-olivais.blogspot.pt/2013/11/futsal-vitoria-preciosa.HTML ).

Uma rapariga tinha ficado grávida. Os seus pais, encolerizados, exigiram saber quem era o pai. Inicialmente resistente a confessar, a jovem finalmente acusou Hakuin, o mestre Zen, que até então todos  reverenciavam profundamente pela sua vida digna e exemplar. Quando os pais, furibundos, confrontaram Hakuin com a acusação de sua filha, ele simplesmente disse:
É então assim?
A criança nasceu, e os pais a levaram para Hakuin, o qual agora era visto como um malandro  por todos os da região. Eles exigiram que ele tomasse conta da criança, uma vez que essa era sua responsabilidade, e eles não estavam para ficar com ela. É então assim?” Hakuin perguntou calmamente, enquanto aceitava a criança.
Por muitos meses ele cuidou carinhosamente da criança até o dia em que a rapariga  não aguentou mais sustentar a mentira e confessou que o pai verdadeiro era um jovem da vila que ela estava tentando proteger.
Os pais da rapariga imediatamente foram ter com  Hakuin,, exigindo-lhe peremptoriamente  que devolvesse o bébé. Afinal, deviam ser os pais e os avós a tomar da criança, tal como aliás estava juridicamente consagrado.
* * * * *
O conto não acaba aqui. Mas eu prefiro deixá-lo inacabado. Só direi: "É então assim" que se funciona no Belenenses?
 
 

sábado, 9 de novembro de 2013

FUTSAL: VITÓRIA PRECIOSA

Belenenses, 4 - SL Olivais, 3
Foi um jogo de nervos. Longe de ser bonito, valeu contudo pela emoção e pela entrega dos jogadores.
A perder por 0-2 a meio da 2ª parte, a nossa equipa de jovens e dois avós (Drula e Cautela) fez a reviravolta, chegou a 4-2, cedeu depois mais um golo dos visitantes e sofreu os 3 minutos finais para arrancar três pontos preciosos.
Foi um triunfo cheio de garra e deveras importante. Os golos do Belenenses foram de Hugo Eduardo, Drula, Paulo Major e Bruno Martins. Regressámos ao 5º lugar.
Só posso dar os parabéns e agradecer ao todo o pessoal activo do NAF (em que não me incluo). A outros, de resto sempre ausentes, só me ocorre dizer: se não gosta(va)m, não estraguem!
 
 
 
 
 

JOGO DE HOJE COM O MAFRA

Em jogo particular, para compensar este interregno de duas semanas, o Belenenses ganhou hoje por 4-1 ao Mafra (equipa invicta no Campeonato Nacional de Seniores).

Os golos azuis foram apontados por Arsénio, Tiago Silva, Tiago Caeiro e Danielson. No decorrer da partida, Tiago Silva sofreu um traumatismo craniano...ligeiro. Prevemos (e desejamos), pois, que se recupere com facilidade.

ANDEBOL


sexta-feira, 8 de novembro de 2013

DOMINGO


quinta-feira, 7 de novembro de 2013

BASQUETEBOL


quarta-feira, 6 de novembro de 2013

COMO SEMPRE

Nunca houve edição em que o Belenenses não aparecesse com menos pontos por causa da arbitragem - o único caso entre todos!
E esta anos, lá vamos uma vez mais. Note-se que o suposto benefício no jogo com o Benfica apenas se deve ao facto de ter sido censurada a repetição do penalty claríssimo a nosso favor, por agarrão e empurrão dentro da área lampiã ao nosso jogador João Afonso. Haveria pois que nos acrescentar um ponto e tirar dois ao benfica.
 
 

terça-feira, 5 de novembro de 2013

FUTSAL - NÃO FALTES!


ESCARAFUNCHOSOS

No pasquim Record, naquela cena da 6ª feira da previsão dos resultados, TODOS os 20 prognosticavam a derrota do Belenenses. Todos mesmo! Pois enganaram-se todos, seus artolas sebentos!
 
 

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

MODALIDADES

Neste fim-de-semana que passou, folgaram as equipas Seniores de Andebol, Rugby e Basquetebol - curiosa coincidência.
No que restou de escalões principais, o destaque foi para as mulheres.
Assim, no Sábado, a equipa de Voleibol Feminino conseguiu a sua já ansiada primeira vitória no presente Campeonato: 3-0 sobre o Santo Tirso. Vi o primeiro set, antes de me dirigir para o Belenenses - Porto. Individualizar é sempre melindroso e até injusto; mas não deixarei de referir que dá gosto ver actuar a Daniela Loureiro, pela garra e entrega (e qualidade) que põe no jogo. Dá alma à equipa. Alma Azul!
 O Futebol Feminino do Belenenses, na sua primeira época, continua invicto na sua primeira época. À vitória no jogo da Taça, somam-se duas vitórias e dois empates nos confrontos do Campeonato, assumindo já um lugar no pelotão da frente da Série D do Campeonato de Promoção. Ontem, o Belenenses venceu em casa do Arsenal 72 por 2-0. No Domingo, às 15h, no Restelo, a nossa equipa recebe o Quintajense, merecendo e justificando a nossa presença e o nosso apoio. Lembremos que, historicamente, o Belenenses foi muito pioneiro no Desporto Feminino em Portugal, no tempo em que dava cartas.
 Em Futsal, fomos ao Lampionário. Perdemos 4-1. O resultado engana. Desde logo, porque dois golos do benfica foram manchados por erros da arbitragem. nestes jogos, os erros são sempre para os mesmos lados...Por outro lado, só nos minutos finais o resultado se delatou. A 3 minutos do fim havia 2-1 e tivemos boas oportunidades para empatar. A nossa equipa bateu-se com muita dignidade. Passámos um ciclo de jogos de grande dificuldade. À 9º jornada, somos a equipa que teve pior calendário. Nas não se pense em facilidades doravante. Sábado, às 18h, recebemos o SL Olivais. É muito, muito, muito importante ganhar. E é muito importante o apoio do público Azul. Vamos dizer "presente!".
 
 

domingo, 3 de novembro de 2013

UM BALANÇO ANTES DA PAUSA

Vem aí mais um intervalo competitivo, por causa dos jogos da Selecção Nacional (há quanto tempo sem um dos nossos...) e da Taça de Portugal, de que fomos estupidamente eliminados (sem tirar mérito à Académica, fizemos um autêntico hara-kiri no início da 2ª parte, depois de uns excelentes 45 minutos). Tempo para fazer um balanço.
No Belenenses há uma grande quantidade de ovelhas que está sempre contente com tudo e com o que quer que seja, fruto em larga medida da sua escassa ligação afectiva e falta de capacidade por si. Quando vêm desastres, afastam-se silenciosa (e até definitivamente) ou dizem "são coisas que acontecem" e aderem ao próximo "poder", não importa qual seja. A sua matriz psicológica nunca lhes traz grandes tristezas e nunca lhes dará grandes alegrias, porque a mediocridade é mesmo assim.
Portanto, para os que agora bradam "onde estão os que diziam mal?", digo: estou aqui. Sempre estive. Mas à quase totalidade de vós não vos costumo ver. Sobretudo, onde custa mesmo ir apoiar o Belém.
E não tenho nada a retirar ao que disse. As contratações foram mal feitas (não todas, claro!). Continuo a pensar que vieram alguns jogadores sem interesse e que há uma ou duas posições chocantemente deficitárias. Podia ter-nos saído muito caro e, embora já tenham havidos dois ou três jogos / resultados que me deixaram bem satisfeito, o facto é que já saímos da Taça de Portugal e, no Campeonato, estamos 2 pontos acima da linha de água (também só a 5 da Europa...). É verdade que há agora razão para algum optimismo. Entretanto, não há motivo para euforias (ou antes, para descanso) mas, sim, para alívio - por se ter ultrapassado o péssimo começo.
Aqui, tenho que continuar a ser justo: os responsáveis (técnicos e da SAD) tiveram sem dúvida mérito e mostraram capacidade ao reagir à má pré-época e aquelas 4 derrotas de enfiada. Correu-se o risco de uma derrocada e o facto é que deram a volta à situação. RPS - Rui Pedro Soares (e companheiros) confirmou a sagacidade que lhe reconheço.
Também gostei de termos ido (e eu fui mesmo!) a Granada; e se a hipótese entreaberta por RPS, de uma digressão à Grã-Bretanha neste interlúdio se concretizar, também ficarei contente - pelo menos se jogarmos contra equipas da 1ª.
É claro que ajuda muito ter dinheiro, E as críticas que alguns, quase com ódio, fazem aos dirigentes no e do Belenenses que lutaram contra mil e uma dificuldades de falta de liquidez, são injustas em vários casos.
Não é que não se tenha errado muito no nosso clube - sendo dirigentes, é certo, mas também muitos adeptos, os sujeitos autores desses erros. E continuam em muitos papagaios de serviço.
RPS, pessoa muito sagaz, poderá pensar que o detesto, mas não é o caso. Bem mais detesto a sucessão de menoridades e traições que nos levaram a entregar a SAD, entre muitas outras coisas que temos alienado.
 
 
 
 

NOTAS DOS JOGADORES: CLASSIFICAÇÃO

Ao fim de 12 jogos oficiais:
1º Diakité  - 39
2º Fredy - 30,5 

3º Tiago Silva - 29
4º Danielson - 27,5 
5º Filipe Ferreira - 26,5
6º João Meira - 26 
7º João Pedro - 25,5
8º Duarte Machado - 22,5
9ºs Matt Jones e Miguel Rosa - 22
11º João Afonso - 20

12º Mamadou - 19,5  
13ºs Fábio Sturgeon e Kay - 16
15ºs Arsénio e Fernando Ferreira - 11
17º Tiago Caeiro - 10
18º Deyverson  - 8,5
19º Rafael Veloso - 7,5
20ºs  Nick e Paulo Jorge - 6

22ºs Jónnson e Vítor - 5
24º Filipe Mendes - 3

sábado, 2 de novembro de 2013

CHEIRA BEM, CHEIRA A BELÉM

Belenenses, 1 - F. C. Porto, 1

O Porto adiantou-se por volta da meia-hora. Cerca de 5 minutos depois, o Belenenses restabeleceu a igualdade, por João Pedro.
Foi um jogo positivo do Belenenses na primeira parte (apesar de alguma tremideira aqui e acolá e do critério de amarelos a penalizar-nos) e muito bom na segunda parte. Momentos houve em que até nos surpreendemos.
Embora o empate possa ser considerado justo face ao jogo, esteve o Belenenses mais perto da vitória. A oportunidade maior de desfazer o empate foi aquele cabeceamento de Mamadou (a corresponder a bom cruzamento de Fernando Ferreira), que Helton foi defender incrivelmente. Além disso, parece confirmar-se que ficou um penalty por marcar a nosso favor.
Só podemos ter elogios para toda a equipa. Sem desprimor para ninguém, temos que destacar Danielson, que fez um super-jogão, mostrando classe internacional. Depois, há que mencionar Fredy, com outra estupenda exibição, João Afonso, que quase não perdeu um lance, e Mamadou, que ganhou bolas atrás de bolas.
Gostei francamente do que vi no relvado. Parabéns à nossa equipa!
E agora vou descansar, que me fartei de apoiar o Belenenses.
 
 

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

APESAR DE TUDO


AMANHÃ (Dá para ver antes do Futebol)

 

TRI-TRAMPA

Deixem-nos em paz!
Desamparem a loja!
Ponham-se á distância regulamentar!